jusbrasil.com.br
29 de Novembro de 2020
    Adicione tópicos

    Melhor de três

    Publicado por Estadão
    há 7 anos

    O movimento é nítido, embora não tenha sido corretamente interpretado: sim, Eduardo Campos está clara e propositadamente se distanciando de Aécio Neves.

    Mas, ao contrário do que temem os tucanos e vislumbram com alguma esperança os petistas, isso não significa necessariamente uma aproximação com o governo para eventual aliança no segundo turno com a candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

    Quer dizer, por ora, que o ex-governador de Pernambuco e sua companheira de chapa, a ex-senadora Marina Silva, concluíram que não têm nada a ganhar com a cena da "coexistência pacífica" entre as candidaturas de oposição.

    Na visão do PSB, a tática dos tucanos de alimentar semelhanças entre os dois leva na prática à incorporação...

    Ver notícia na íntegra em Estadão

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)